browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

Antal Bodolay

            O senhor Antal Bodolay, um exemplo da cutelaria artesanal, começou a fabricar facas artesanais aos 15 anos de idade e se tornou um dos maiores e melhores cuteleiros do país, sendo um dos pioneiros nesta arte no Brasil. Tinha preferência por Bowies, modelos utilitários e para defesa e era um dos raros a produzir boas espadas. Antal, um imigrante húngaro desembarcou em Belo Horizonte (MG) ainda um bebê, junto com Roberto Gaeta e Padilha fez parte de uma geração que valorizava e divulgava o melhor em facas artesanais que ficaram conhecidas como “faca custom”.

            Antal começou a forjar suas próprias facas devido a um fato no mínimo muito curioso. Ele ganhou uma faca de seu pai que para a época era bem cara e com ela foi cortar um bambu e faca decepcionou e muito, pois além de não cortar ainda empenou. Com isso decidiu que dali para frente fabricaria suas próprias facas e assim foi. Desta forma correu mais de 50 anos e neste meio século saíram de suas mãos verdadeiras obras de arte em facas e espadas que se valorizam a cada dia.

Antal Bodolay junto a peças de Alexandre

            Ao se aposentar Toti Bodolay como era conhecido entregou sua oficina a seu filho Alexandre Bodolay e passou a se dedicar apenas a projetos especiais e pessoais fabricando apenas o que desejava e não mais para comercializar.

            Alexandre começou seu contato com a cutelaria artesanal aos dois anos de idade e desde então não parou mais. Incentivado pelo seu pai, seu mestre, sempre buscou a perfeição em cada peça construída.

Alguns trabalhos do Sr Antal

            Recentemente o senhor Antal foi morar junto de Deus e desde 17 de Dezembro de 2011, Alexandre busca em sua oficina o consolo pela sua perda. A cutelaria artesanal esta em seu sangue e em suas mãos mágicas.


7 Responses to Antal Bodolay

  1. douglas ceron

    Boa tarde,

    Sou de BH, e estou entrando nesse mundo de BushCraft agora. Gostaria de saber mais sobre facas e de ter uma. Com isso pesquisei sobre e pretendo ter uma feita por um cuteleiro. Como faço para saber mais sobre os produtos ou se é possível adquirir uma bela ferramenta dessas feita por um dos maiores do Brasil.

    Todos meus sentimentos para o Sr. Antal.

    • Macelo

      Aqui tenho amigo que foi amigo de seu pai ele fala muito de vcs o nome dele Roberto (Betão)vc faz encastodor ainda ou só faca

      • newton

        Marcelo, eu não sou o Bodolay filho. Sou apenas um apaixonado por cutelaria artesanal e escrevi este post para homenagiar o Sr. Antal Bodolay. Somente trabalho com facas.
        Abraço,
        Newton

  2. Márcio Vianna Dias

    Caro Alexandre,tenho várias peças confeccionadas por seu pai adquiridas na década de 70,que guardo com muito carinho! Porém gostaria saber se você poderia ou indicar alguém para trocar o cabo de uma faca que me é muito útil no uso diário que não foi confeccionado por vocês.

    • newton

      Márcio, este blog não é do Alexandre e sim meu (Newton Junior). Eu apenas escrevi o artigo sobre o Sr. Antal. Eu não tenho mais contato com a familia Bodolay, porém pode entrar em contato com o email newton_hernandes@hotmail.com e me dizer em qual cidade ou região vc mora que posso indicar o cuteleiro mais próximo. abraço, Newton

  3. Takeru

    Boa noite! Eu tenho a felicidade de ter uma katana forjada pelo Sr Antal Bodolay gostaria de saber se tem interessado em comprar e quanto vale, ta impecavel mas moro no litoral e tenho medo de um dia ela oxidar, o que para mim seria um pecado.

    • newton

      Olá, tudo bom?

      Realmente você tem uma raridade nas mãos! Eu não tenho interesse em comprar, porém não deve ser difícil encontrar um colecionador avido por adquirir esta peça.

      Boa sorte e grande abraço.
      Newton

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *